Quem sou eu

Minha foto
Brumadinho, MG, Brazil
Ivani Ferreira é professora e blogueira . Possui graduação em Letras pela Faculdade Asa de Brumadinho (2006), Normal Superior pela Universidade Federal de Montes Claros(2005), especialização em Psicopedagogia pela Universidade Federal Castelo Branco (2007), Supervisão Pedagógica pela FINON (2008). Professora efetiva na rede Municipal de Brumadinho desde 2005, porém, atua na rede municipal com turmas da Educação Infantil , Ensino Fundamental 1 e 2 , desde o ano de 2002. Trabalhou como supervisora pedagógica na Escola Municipal Leon Renault- Brumadinho/MG (2013- 2016). Atualmente trabalha como professora da Educação Infantil na EMEI Nair das Graças Prado em Brumadinho/MG. Sejam bem vindos(as)!!!

segunda-feira, 27 de janeiro de 2014

Coordenação Motora Grossa e Fina.

   

 

 

           Nosso cérebro manda informações às partes de nosso corpo, e a capacidade que o corpo tem de desenvolver aquele movimento nós chamamos de coordenação motora. Pular, correr, andar, saltar ou realizar tarefas que exijam maior habilidade, como pegar em um lápis, bordar, desenhar, recortar, tudo isso exige de nós coordenação motora. A coordenação motora nos permite realizar os mais diversos movimentos coordenados. Na coordenação motora ocorre participação de alguns sistemas do corpo humano, como sistema muscular, sistema esquelético e sistema sensorial. Com a interação desses sistemas obtêm-se reações e ações equilibradas. A velocidade e a agilidade com que a pessoa responde a certos estímulos medem a sua capacidade motora.

Podemos classificar a coordenação motora de duas maneiras: coordenação motora grossa e a coordenação motora fina.Na coordenação motora grossa verificamos o uso de grupos de músculos maiores e o desenvolvimento de habilidades como correr, pular, chutar, subir e descer escadas, que podem ser desenvolvidas a partir de um plano sistemático de exercícios e atividades esportivas. Quando se tem déficit nessas habilidades, verificamos dificuldades, por parte principalmente de crianças, em praticar atividades esportivas, o que acaba gerando baixa autoestima.

Na coordenação motora fina verificamos o uso de músculos pequenos, como das mãos e dos pés. Ao desenhar, pintar, manusear pequenos objetos, a criança realiza movimentos mais precisos, delicados, e desenvolve habilidades que a acompanharão por toda a vida.

É possível observar a coordenação motora de um indivíduo desde pequeno. A criança responde aos estímulos de várias formas e cabe ao professor, nas primeiras séries, trabalhar a motricidade da criança. Ao aprender a pintar dentro de espaços delimitados a criança já começa a desenvolver sua coordenação, à medida que ela for sendo alfabetizada, aumentará a sua capacidade motora.

Mas não é somente em crianças que se desenvolve a motricidade. Em pessoas idosas ou pessoas que tenham certas limitações físicas, também é preciso trabalhar a coordenação motora. Com o auxílio do profissional a pessoa desenvolve os grupos musculares e exercita o cérebro, para conseguir manter o equilíbrio e realizar atividades que requerem movimentos precisos, fortes e rápidos

 

ALGUMAS IDEIAS DE ATIVIDADES PARA TRABALHAR O COGNITIVO, MOTRICIDADE FINA E AMPLA, NOÇÕES DE LATERALIDADE E COORDENAÇÃO MOTORA.

Algumas atividades que podem ser feitas, que contribuem muito para o desenvolvimento cognitivo da criança, trabalhando sua motricidade fina e ampla, sua ludicidade e também suas noções de lateralidade e coordenação motora. 
- Jogos de memória
- Recorte e colagem (papel picado, grãos, contas).
- Rasgar papéis com as mãos.
- Amassar os papéis picados.
- Confecção de colares.
- Pintura a sopro, a dedo e/ou a pincel.
- Massinhas de modelar.
- Argila
- Brincar de faz-de-conta.
- Mímicas: rir, chorar, dar gargalhadas, fazer caretas, piscar.
- Dançar.
- Correr com e sem apoio.
- Equilibrar-se num pé só.
- Reconhecer e nomear partes do seu corpo e dos outros.
- Brincar com água, terra, argila,areia, barro.
- Reconhecer os sabores, doce, salgado, amargo, azedo.
- Reconhecer as temperaturas: frio, quente, gelado.
- Participar de brincadeiras rimadas e ritmadas, cantigas de roda, canções folclóricas.
- Dramatizar cenas familiares e histórias curtas e repetidas frequentemente.
- Observar e explorar o ambiente através do tato.
- Identificar formas: quadrado, círculo, triângulo, retângulo.
- Identificar cores.
- Representa, por meio de gestos, sem utilização de objetos,: o fechar portas, calçar sapatos, receber uma visita, cozinhar, lavar, etc.
- Rodinha para conversação.
- Andar imitando um trenzinho, transpondo obstáculos, passando por baixo de mesas eu formarão um túnel, circundar objetos.
- Morto-vivo (jogo)
- Andando, chegar a um ponto determinado na sala, equilibrando um objeto na mão, na cabeça, etc.
- Brincadeiras com bolas, petecas, balões, água, massa para desenvolver a percepção tridimensional, a percepção de distância e orientação espacial.
- Ajudá-la no desenvolvimento do vocabulário, encorajando-a na identificação das atividades realizadas nas tarefas diárias.
- Ensiná-la a identificar as roupas que usa e os diferentes passos no processo de vestir e despir.
- Confecção de bandinha rítmica, para propiciar o canto acompanhado de instrumentos musicais.
- Exercícios para desenvolver a lateralidade ( andar em linha reta; curva; zigue-zague, andar em pistas limitadas com fita, etc...)
- Desenho espontâneo com lápis de cera.
- Fazer como se pedalasse uma bicicleta: pernas duras e flexionadas.- Utilizar fantoches, teatro de máscaras, teatro de sombra para apresentação (histórias) às crianças.
- Corrida de cavalinho: fazer uma fila com as crianças e colocar pequenos obstáculos como latinhas, saquinhos de areia, espalhados pela área em círculo. Ao sinal de um apito, palmas, as crianças saem correndo procurando saltar os saquinhos.
- Imitar o pulo do sapo, do macaquinho, do coelhinho, o peixinho nadando, a minhoca se arrastando e o som de animais conhecidos.
- Desenhar um caracol no chão, as crianças devem andar em cima da linha, no sentido de ir e voltar.
- Manipulação de material de sucata.
- Conversar com as crianças ao máximo, aproveitando todos os momentos, tendo como temas sua família, seus brinquedos, seus amigos, suas brincadeiras.

24 comentários:

  1. valeu pelas dicas prof.ª Ivani.

    Ana Araujo

    ResponderExcluir
  2. adorei... jah vou usar algumas sugestões com minhas crianças (alunos).

    ResponderExcluir
  3. NEUDILENE BARROSO19 de junho de 2014 10:02

    Valiosas dicas....amei!

    ResponderExcluir
  4. NEUDILENE BARROSO19 de junho de 2014 10:03

    VALIOSAS DICAS!!!

    ResponderExcluir
  5. oi e muito lindo muito fofo

    ResponderExcluir
  6. Muito interessante.....Estarei sempre por aqui...

    ResponderExcluir
  7. Muito bom. Obrigada por compartilhar seus conhecimentos e experiências conosco. Abraços

    ResponderExcluir
  8. As dicas e atividades são muito boas, nos ajudam muito. Parabéns a todos os envolvidos.

    ResponderExcluir
  9. Gostei muito das sugestões de atividades de coordenação motora, irei usá-las hoje no meu consultório. Obrigada.

    ResponderExcluir
  10. parabens ,adorei as sugestões de atividades e irei usa-la com meus alunos ,em especial as dicas de jogos e brincadeiras valeu bjao

    ResponderExcluir
  11. Gostei muito das dicas, vou levar tambem para minhas colegas.

    ResponderExcluir
  12. Que bom que vc gostou!!! Volte sempre.(Adoro trabalhar com as crianças)

    ResponderExcluir
  13. amei as dicas,vou melhotrar ainda mais o meu trabalho com elas

    ResponderExcluir
  14. Obrigada pelas dicas, várias opções para trabalhar com os pequenos, me ajudou a pensar múltiplas atividades com eles. Vou estar consultando aqui muitas outras vezes. Valeu!

    ResponderExcluir