Quem sou eu

Minha foto
Brumadinho, MG, Brazil
Ivani Ferreira é professora e blogueira . Possui graduação em Letras pela Faculdade Asa de Brumadinho (2006), Normal Superior pela Universidade Federal de Montes Claros(2005), especialização em Psicopedagogia pela Universidade Federal Castelo Branco (2007), Supervisão Pedagógica pela FINON (2008). Professora efetiva na rede Municipal de Brumadinho desde 2005, porém, atua na rede municipal com turmas da Educação Infantil , Ensino Fundamental 1 e 2 , desde o ano de 2002. Trabalhou como supervisora pedagógica na Escola Municipal Leon Renault- Brumadinho/MG (2013- 2016). Atualmente trabalha como professora da Educação Infantil na EMEI Nair das Graças Prado em Brumadinho/MG. Sejam bem vindos(as)!!!

segunda-feira, 23 de janeiro de 2017

Quem é Ivani Ferreira?


Ivani Ferreira é professora e blogueira . Possui graduação em Letras pela Faculdade Asa de Brumadinho (2006), Normal Superior pela Universidade Federal de Montes Claros(2005), especialização em Psicopedagogia  pela Universidade Federal  Castelo Branco (2007), Supervisão Pedagógica pela FINON (2008).
Professora efetiva na rede Municipal de Brumadinho desde 2005, porém,  atua  na rede municipal com turmas da Educação Infantil , Ensino Fundamental 1 e 2 , desde o ano de 2002. Trabalhou como supervisora pedagógica na Escola Municipal  Leon Renault- Brumadinho/MG (2013- 2016).

Atualmente trabalha como professora da Educação Infantil na EMEI Nair das Graças Prado em Brumadinho/MG.

http://professoraivaniferreira.blogspot.com.br/2016/11/fundacao-telefonica-vivo-grava-materia.html

PLANO DE AULA PARA A SOCIALIZAÇÃO NO MATERNAL

Plano de aula Ed. Infantil                              Turma: Maternal 1

TEMA: SOCIALIZAÇÃO (Início do ano letivo)



OBJETIVO GERAL

Organizar o ambiente favorecendo uma ação de liberdade e estímulos para as crianças e, desta forma, oportunizando a socialização, através das relações que ela irá estabelecer com seus colegas, como meio e com as professoras.


OBJETIVOS ESPECÍFICOS

.  Favorecer a socialização
.  Conhecer os colegas
.  Desenvolver a comunicação verbal.
.  Descobrir habilidades lúdicas.
 .  Desenvolver adaptação emocional.

ATIVIDADES

    1º Momento: Atividades de identificação
·         Músicas diversas
.         Chamada com foto com o objetivo de reconhecer a si mesmo e aos colega
·         Ajudantes do dia (Menino e Menina)
.          Brincadeiras: Passa objeto para o amigo


     2.º Momento: Desenvolver as habilidades motoras
·         Circuito Motor: Túnel, obstáculos, andar em linha reta...
·         Dançar livremente e com coreografias (gestos)
·         Rasgar papel/ massinha de modelar/ folhear revista
·         Exercício de encaixe (lego e outros...).
·         Brincadeiras: Passa objeto para o amigo

      3.º Momento Arte e escrita

  • Atividade com tinta guache (mãos e pincel)
  • Escrever com GIZ DE CERA

   4º Momento: Hora da leitura
Um amor de família Ziraldo

   5º Momento:  Linguagem Oral

  • Cantar com a professora (cantigas de rodas, canções infantis, DVD musical)
  • Roda de conversa sobre a história “Um amor de família

    6º Momento: Linguagem matemática

     Manuseando o blocos lógicos empilhando, classificando e descobrindo quantidades, cores e formas.


  • Faz de conta/Brincadeiras ao ar livre (observar como estão interagindo)                                                                                        



Lembrando que as atividades podem ser trabalhadas várias vezes no decorrer da semana ou mês.   

PROJETO DESCOBRINDO AS CORES


Aprendendo cores e formas na educação infantil


Público Alvo: Alunos Maternal  2 e 3.

PERÍODO: Anual, duas aulas semanais.
CONTEÚDO: Cores

JUSTIFICATIVA: As cores estão presentes em tudo o que nos cerca, são elas um dos conceitos básicos e pré requisitos que necessitamos desenvolver nas crianças. É muito importante propiciar à criança a visualização, exploração, contato e manuseio de diversos objetos que compõem o universo das cores e formas, possibilitando a identificação. O nosso mundo é colorido, são infinita as possibilidades e utilizamos as cores para expressar nossas ideias e sentimentos para outras pessoas, utilizando linguagens artísticas (pintura, desenho, gravura, teatro).


FUNDAMENTAÇÃO TEÓRICA: Descobrir as cores não é difícil. O bebê as percebe a partir dos 3 meses. Nomeá-las, porém, é um processo longo e cheio de enganos, que normalmente se estende até os 3 anos ou mais. Para que seu a criança chame o azul de azul e não de verde, precisa de estímulos. Ele só fixará o nome das cores por meio de exercícios e exemplos. 
As cores estão presentes em tudo que nos cerca. São elas um dos conceitos básicos e pré-requisitos, os quais a criança precisa para se desenvolver. Além disso, a cor também é importante para que possamos expressar nossas ideias e sentimentos, descobrindo o significado que elas têm para cada pessoa. O uso das cores tem uma ligação direta no desenvolvimento da criança. Estímulos decorrentes da presença de figuras coloridas contribuem para o aprimoramento da capacidade motora e cognitiva, raciocínio, fala, audição, entre outras funções.
Isso acontece porque a criança é completamente influenciada pelas cores desde a fase inicial de vida, se estendendo por muitos anos. As cores alegres e vibrantes comprovadamente chamam a atenção do pequeno. Por esse fato, a família e a escola devem usar e abusar do “mundo colorido” como peça importante também na educação das crianças.

OBJETIVOS:
  • Reconhecer existência de formas e cores do mundo.
  • Através de atividades lúdicas vamos identificar cores e formas, nomear cores e formas. 
  • Ajudar nosso aluno para que desenvolva percepções visuais, auditivas e táteis.
  • Produzir trabalhos de arte, utilizando linguagem do desenho, da pintura, da colagem e da construção. 
  • Utilizar diversos materiais plásticos para ampliar suas possibilidades de expressão. 
  • Interessar-se pelas próprias produções, pelas de outras crianças e pelas diversas obras artísticas (regionais nacionais ou internacionais, com as quais entrem em contato)
  • Contato e Produção de trabalhos de arte que privilegiam diferentes linguagens expressivas como as do desenho, na modelagem, da pintura e da construção. 
  • Desenvolver o gosto, o cuidado e o respeito pelo processo de reprodução e criação.
  • Nomear cores no ambiente, sala de aula, parque e roupas;
  • Selecionar objetos, classificando as cores;
  • Relacionar as cores primárias com os objetos da sala de aula, roupas e objetos pessoais dos alunos;
  •  Demonstrar a utilização das cores, nas revista, fotos, livros de histórias, obras de artes e tudo que nos cerca;
  •  Produzir trabalhos de arte, utilizando linguagem do desenho, da pintura, da colagem e da construção.

DESENVOLVIMENTO:
  • - Organizar as crianças em rodinha de forma que todas possam olhar-se e interagir para observar e falar sobre as cores das roupas de cada um e os objetos da sala de aula;
  • - Realizar um passeio pela escola, para observarem as cores do prédio, dos brinquedos do parque e tudo o que cerca a escola;
  • - Conversar sobre as cores primárias e algumas secundárias.
·         As cores das frutas :cada amigo deverá trazer a sua fruta preferida, antes de comer, deve contar o nome da fruta e qual a sua cor. Outra sugestão é fazer espetinho de frutas.
  • - Mostrar fotos coloridas, observando a diversidade de cores. Perguntar a cor preferida de cada um, trabalhando com o lúdico (a cor da roupa da criança, etc.);
  • - Realizar experiência com anilina nas cores primárias com água em
    recipiente transparente para que observem o resultado;
  • - Proporcionar a experiência da mistura das cores com canudos;
  • - Ouvir a música arco íris (Xuxa), acompanhando o ritmo com o material da bandinha;
  • - Registrar com guache de cores variadas o que mais chamou atenção da criança na música;
  • - Ouvir música sobre as cores cd da Xuxa, só para baixinhos II;
  • - Folhear revistas e observar o que mais lhes chama a atenção;
  • - Confeccionar um mural com figuras escolhidas pelas crianças;
  • - Levar as crianças a observarem as cores de tinta que temos;
  • - Brincar com jogo dominó das cores e jogos de madeira que trabalha cores;
  • - Manusear blocos lógicos, classificar as cores;
  • - Registrar a cor vermelha: desenhar e pintar com guache o coração;
  • - Registrar a cor azul: desenhar e pintar um céu com buchinha e guache e colar estrelas;
  • - Registrar a cor amarela: desenhar e pintar um girassol com cola colorida;
  • - Registrar a cor verde: papel crepom molhado e batido;
  • - Deixar as crianças misturarem as cores de tinta a seu critério e observar as cores novas que descobriu;
  • - Falar as crianças, sobre o arco íris, se sabem o que é, quem já viu;
  • - Assistir o vídeo da Kika, de onde vem o arco-íris;
  • - Brincar com massinha nas cores do arco íris;
  • - Realizar experiências cientificas para ver o arco-íris;
  • - Conversar com as crianças sobre as cores da natureza e seres vivos
    (peixes, mar e conchinhas);
  • - Ouvir a música "Aquarela". Registrar, confeccionando um livro, colocando uma frase em cada página para as crianças ilustrarem;
  • - Realizar pintura com giz molhado;
  • - Realizar pintura com guache e barbante;
  • - Realizar pintura sobre moedas;
  • - Realizar pintura com a lixa e sobre a lixa;
  • - Realizar pintura com as mãos e os dedos;
  • - Utilizar cotonetes e tinta guache para desenhar e pintar;
  • - Fazer experiências com gelatinas;
  • - Fazer desenhos com carvão vegetal;
  • - Realizar técnica de respingar tinta sobre o papel sulfite, dobrá-lo ao meio e tentar identificar o desenho que surgiu;
  • - Realizar a leitura do poema as borboletas e fazer a ilustração.
  • MATERIAIS:
  • - Anilina;
  • - Tinta guache;
  • - Cola branca;
  • - Cola colorida;
  • - Barbante;
  • - Moeda;
  • - Canudinho;
  • - Lixa de parede;
  • - Massa de modelar;
  • - Sulfite;
  • - Gelatina;
  • - Revistas;
  • - Imagens;
  • - CD;
  • - Vídeo;
  • - Bandinha;
  • - Cartolina;
  • - Buchinha;
  • - Papel crepom;
  • - Giz de lousa;
  • - Cotonete;
  • - Carvão vegetal.
AVALIAÇÃO:
 Avaliar a participação dos alunos e a realização das atividades. 

      PRODUTO FINAL:
 Exposição das atividades realizadas.


Sugestões de livros:

Bom dia,  todas as cores! Ruth Rocha


  Flicts – de Ziraldo





 Elmer, o elefante Xadrez ou  As cores do Elmer

Qual é a cor do amor?

Quá Quá Adora as cores

Cores Legais


História sobre as cores













Massinha de modelar caseira


Use esta receita para fazer massinha colorida de longa durabilidade, se conservada em um recipiente hermeticamente fechado (qualquer recipiente selado que bloqueia a entrada de ar) e/ou na geladeira.
E o melhor é que você saberá exatamente o que o seu filho ingeriu caso ele coloque na boca!
INGREDIENTES
• 1 xícara de sal de cozinha
• 4 xícaras de farinha de trigo
• 2 colheres (de sopa) de óleo
• 1 colher (de sopa) de vinagre
• 1 1/2 xícara de água
• corantes alimentícios de várias cores


sexta-feira, 6 de janeiro de 2017

Orientações para o 1º ano- Níveis de escrita/ SEA

                                                       ( Gislene Dutra)

Os níveis de escrita de acordo com Emília Ferreira.
  • Período pré -silábico
  • Período silábico
  • Período silábico alfabético
  • Período alfabético






Avaliando a leitura dos alunos- Diagnóstico de leitura

                                                                       (Gislene Dutra)




 Ficha avaliativa de leitura para o 2º ano

  • Lê com fluência
  • Lê sem fluência 
  • Lê silabando






Fichas avaliativas para educação infantil ( Maternal 3, 1º e 2º períodos)

                                                          (Diretoria pedagógica Gislene Dutra e Kelly Terezinha)

Ficha coletiva para avaliação diagnóstica.  Nesta ficha o professor irá colocar a quantidade de alunos em frente a cada item.
Exemplo:Em 15 alunos, 12 respeitam as regras propostas pela turma, 1 respeita parcialmente e 2 não respeita...e assim sucessivamente.


 Ficha para acompanhamento, diagnóstico e intervenção anual.
Essa ficha deverá ser preenchida(uma para cada aluno) de acordo com os meses abaixo:







Ficha para avaliar o nível de escrita

Acompanhamento do nível de escrita dos alunos:

  1. Pré-silábico
  2. Silábico
  3. Silábico alfabético
  4. Alfabético

terça-feira, 3 de janeiro de 2017

CALENDÁRIO- 2017 PARA IMPRIMIR E COLORIR

Calendário mês de janeiro de 2017 para imprimir e colorir

CALENDÁRIO PARA O ALUNO COLORIR A DATA/DIA QUE ESTAMOS.

Calendário mês de fevereiro  de 2017 para imprimir e colorir
Calendário mês de março de 2017 para imprimir e colorir
Calendário mês de abril  de 2017 para imprimir e colorir

Calendário mês de maio  de 2017 para imprimir e colorir

                               Calendário mês de junho de 2017 para imprimir e colorir

                             Calendário mês de julho de 2017 para imprimir e colorir



                             Calendário mês de agosto de 2017 para imprimir e colorir


                             Calendário mês de setembro de 2017 para imprimir e colorir

                              Calendário mês de outubro de 2017 para imprimir e colorir

                              Calendário mês de novembro  de 2017 para imprimir e colorir

                              Calendário mês de dezembro   de 2017 para imprimir e colorir

                              
Observação: Ao trabalhar calendário o professor deverá ter o cuidado de verificar  se a semana está organizada corretamente, ou seja , começando no domingo e terminando no sábado. Existem muitos calendários errados na web.
O calendário pode ser utilizado para aprender sobre o tempo, mas também como fonte de informação e pesquisa para a leitura e registro de números.

Sugestões para explorar o calendário!

  • Qual o primeiro dia do mês e qual o último?
  • Em que dia da semana iniciou o mês? Em qual dia terminou?
  • Qual o antecessor  do dia de hoje? e o sucessor?
  • Quantas semanas tem o mês que estamos?
  • O último dia do mês é par ou ímpar?
  • Qual a dada do seu aniversário? 
  • Quantos aniversariantes tem neste mês? Marcar as datas.
CALENDÁRIO PARA O ALUNO COMPLETAR  AS DATAS.