Quem sou eu

Minha foto
Brumadinho, MG, Brazil
Ivani Ferreira é professora e blogueira . Possui graduação em Letras pela Faculdade Asa de Brumadinho (2006), Normal Superior pela Universidade Federal de Montes Claros(2005), especialização em Psicopedagogia pela Universidade Federal Castelo Branco (2007), Supervisão Pedagógica pela FINON (2008). Professora efetiva na rede Municipal de Brumadinho desde 2005, porém, atua na rede municipal com turmas da Educação Infantil , Ensino Fundamental 1 e 2 , desde o ano de 2002. Trabalhou como supervisora pedagógica na Escola Municipal Leon Renault- Brumadinho/MG (2013- 2016). Atualmente trabalha como professora da Educação Infantil na EMEI Nair das Graças Prado em Brumadinho/MG. Sejam bem vindos(as)!!!

quinta-feira, 20 de agosto de 2015

TRABALHO AVALIATIVO PARA RECUPERAÇÃO EM LÍNGUA PORTUGUESA 8º E 9º ANO

ATIVIDADES DE ORAÇÕES SUBORDINADAS ADVERBIAIS

1)     Indique a classificação incorreta da oração subordinada adverbial destacada:

A) Como tomei uma forte medicação, não pude dirigir meu novo carro. (causal)
B) Como as flores do campo, exalam as flores do meu jardim. (comparativa)
C) Nossos planos saíram como prevíramos. (final)
D)Como cereais todos os dias para não engordar. (oração principal).

2) Dentre as orações  adverbiais, assinale a que indica circunstância de tempo.

A) Mesmo estando gripadíssima, mergulhei na piscina.
B) As fofocas correm mais rápido que os fatos.
C) À medida que o tempo passa, Regina fica mais tensa.
D) Terminada a prova, os alunos saíram imediatamente da sala.

3)" Certa vez, quando caía um forte temporal, embora estivesse muito frio, saímos à rua".
A sequência correta da análise das orações adverbiais está na alternativa:

A) Oração principal, concessiva, temporal.
B) Temporal, consecutiva, oração principal.
C) Temporal, concessiva, oração principal.
D) Causal, concessiva, oração principal.

4) Indique a alternativa que apresenta, respectivamente, a correta classificação das orações subordinadas adverbiais abaixo:

Tanta foi a minha surpresa, que perdi a fala.
Quanto mais ele fala, menos eu escuto.
Se dirigir, não beba.
Fez tudo a fim de conseguir o emprego.

A) Consecutiva, proporcional, condicional, final.
B) Proporcional, proporcional, condicional, final.
C) Concessiva, consecutiva, causal, causal.
D) Consecutiva, consecutiva, condicional, concessiva.







5) Analise as orações destacadas de acordo com o código abaixo:
A)Oração subordinada adverbial proporcional.
B)Oração subordinada adverbial temporal.
C)Oração subordinada adverbial concessiva.
D)Oração subordinada adverbial consecutiva.
E)Oração subordinada adverbial final.
F)Oração subordinada adverbial causal.
G)Oração subordinada adverbial condicional.
H)Oração subordinada adverbial comparativa
I) Oração subordinada adverbial conformativa.
J)Oração principal.

(      ) Quando o deputado chegou, todos o vaiaram.
(      ) Mal o jogo terminou, os torcedores comemoraram.
(      ) O povo vaiou tanto que o vereador saiu mais cedo.
(      ) O prefeito pediu silêncio a fim de que pudesse falar.
(      ) O jogador marcou o gol conforme prometera.
(      ) Este jogador é arisco como um gato.
(      ) Caso Neymar jogue, convide-me para o jogo.
(      ) Embora estivesse sem ânimo, o goleiro fez belas defesas.
(      ) Uma vez que o jogador não marcou o gol, os torcedores saíram angustiados.
(      ) À medida que o governador falava, o povo vaiava.

6) O amor não só traz alegria como também alimenta. Neste período, a conjunção é:
a) subordinativa causal;
b) coordenativa aditiva;
c) coordenativa conclusiva;
d) subordinativa comparativa;
e) conformativa.

7) Numa das frases abaixo, não se encontra exemplo da conjunção anunciada. Assinale-a:

a) subordinativa concessiva -” Conquanto estivesse cansado, concordou em prosseguir”;
b) subordinativa condicional - “Digam o que quiserem contanto que não me ofendam”;
c) subordinativa temporal - “Mal anoiteceu, iniciou-se a festa com grande entusiasmo” ;
d) subordinativa final - “Saiu sem que ninguém percebesse”;
e) subordinativa causal - “Como estou doente, não comparecerei”.

8) Assinale o período em que ocorre a mesma relação significativa existente entre os termos grifados em: “a atividade científica é tão importante quanto qualquer outra atividade econômica”:

a) o rapaz era tão aplicado, que em pouco tempo foi promovido;
b) quanto mais estuda, menos aprende;
c) tenho tudo quanto quero;
d) sabia a lição tão bem como eu;
e) todos estavam exaustos, tanto que se recolheram logo.

9).No período - “Torna-se, portanto, imperativa uma revisão conceitual do modelo presente do processo de desenvolvimento tecnológico de modo a levar em conta o fator cultural como dominante” - a oração grifada traduz:

a) concessão;    b) consequência;     c) comparação;    d) condição;    e) proporção.





10) Assinale a oração em que a substituição da expressão grifada altera sensivelmente o sentido do enunciado:

a) “em lugar de nos conduzirem a desejável autonomia.” / em vez de;
b) “eliminando, assim, seus talentos de processo...” / com isso;
c) “embora muitos estudiosos defendam que a característica...” / conquanto;
d) “pois toda preocupação intelectual do homem não deixa de ser... “ / logo;
e) “no entanto, por causa da situação de dependência cultural ... “ / todavia.

11)No período - “E quanto mais andava mais tinha vontade”, ocorre ideia de proporção.
Assinale a opção em que tal ideia NÃO ocorre:
a) quanto mais leio este autor menos o entendo;
b) choveu tanto, que não pudemos sair;
c) à medida que corria o ano, o nosso trabalho era maior;
d) quanto menos vontade, mais negligência;
e) quanto mais se lê, mais se aprende.

12)Em “Embora ela tivesse sido alta e clara”, a oração exprime:
a) causa;    b) condição;     c) concessão;    d) finalidade;  e) consequência.

13)  “Hoje, a dependência operacional está reduzida, uma vez que o Brasil adquiriu auto-suficiência na produção de bens como papel-imprensa (...)” A oração grifada no período acima tem valor:

a) condicional;    b) conclusivo;     c) concessivo;  d) conformativo;     e) causal.
14) “(...) fi-la construir de propósito, levado de um desejo tão particular que me vexa imprimi-lo, mas vá lá.” O vocábulo sublinhado introduz oração que denota:
a) tempo;      b) causa;    c) condição;    d) comparação;          e) consequência.

15) “Tal era a fúria dos ventos, que as copas das árvores beijavam o chão.” Neste período, a oração subordinada é adverbial:
a) concessiva;     b) condicional;       c) consecutiva;     d) proporcional;       e) final.
 

16) Classifique as orações adverbiais:
1.     O tambor soa porque é oco.
2.     A preguiça gasta a vida como a ferrugem consome o ferro.
3.     Por mais que gritasse, não me ouviam.
4.     Se o conhecesses, não os condenarias.
5.     Vim hoje, conforme lhe prometi.
6.     Fazia tanto frio, que meus dedos estavam endurecidos.
7.     Aproximei-me a fim de que me ouvissem melhor.
8.     À medida que se vive, mais se aprende.
9.     Quando os tiranos caem, os povos se levantam.
10.  Ontem estive doente, de modo que não saí.
11.  Parou perplexo como se esperasse um guia.
12.  Não serás bom médico se não estudares muito.
13.  De tal sorte a cidade crescia, que não a reconhecia mais.
14.  Segundo opinam alguns, a história se repete.
15.   Fiz-lhe sinal para que se calasse.
16.  As tuas saudades ficam onde deixas o coração.
17.  Embora tivesse estudado, fui reprovado.
18.  À medida que subimos, o ar se rarefaz.
19.  Eles tinham tanta fome, que devoraram toda a comida.
20.  Se bem que eu não te julgue insensível à arte, admira-me ver-te assim.
21.  Antes que ele volte, resolva o problema.
22.  Como não me atendessem, repreendi-os severamente.
23.  Ama-se ou aborrece-se conforme o coração quer.
24.  Tudo lhe perdoarei, se me amar.
25.  Ainda que implores, não direi sim.
26.  Falou com tanta calma, que todos ficaram atônitos.
27.  Fizeste pouco de nós, porque estavas com a mimi.
28.  Se bem que fosse caro, comprei o relógio.
29.  Era tão mentirosa, que mentia a si próprio.
30.  Quando a vejo, o coração bate mais forte.
31.  Tanto lutaste, que venceste afinal.
32.  Embora vaiado, ele continuou a sua explicação.
33.  Ainda que goste muito de ti, não posso acompanhar-te.
34.  Como não se incomoda, chamo-o pelos dois nomes.
35.  Desde que aceites as condições, lavrarei o contrato.
36.  Mal os avistou, pôs-se a correr.
37.  Gosto de contemplá-lo quando está zangado.
38.  O lavrador volta para casa quando o sol se põe.
39.  Não compareceu à reunião porque estava doente.
40.  Dirigia devagar a fim de que pudéssemos olhar a paisagem.
41.  Tudo saiu conforme o previsto.
42.  Iremos à praia amanhã, se fizer bom tempo.
43.  Conseguiu uma ótima classificação, embora não fosse inteligente.
44.  O investigador foi mais esperto que o ladrão.
45.  À medida que envelhecemos, adquirimos mais experiência.
46.  Estava tão frio que tremíamos.
47.  Não comprou o presente, porque o dinheiro estava escasso.
48.  Tal era a simpatia da recepcionista, que cativou a todos.
49.  Quando descreveres o quadrúpede, coloca entre ele alguns homens.
50.  Tudo aconteceu como prevíamos.
51.  As coisas raramente saem como planejamos.
52.  Consoante afirmam alguns, a história se repete.
53.  Ainda que implores, não te direi nada.

54.  Desce para que eu te abrace.

Nenhum comentário:

Postar um comentário