Quem sou eu

Minha foto
Brumadinho, MG, Brazil
Ivani Ferreira é professora e blogueira . Possui graduação em Letras pela Faculdade Asa de Brumadinho (2006), Normal Superior pela Universidade Federal de Montes Claros(2005), especialização em Psicopedagogia pela Universidade Federal Castelo Branco (2007), Supervisão Pedagógica pela FINON (2008). Professora efetiva na rede Municipal de Brumadinho desde 2005, porém, atua na rede municipal com turmas da Educação Infantil , Ensino Fundamental 1 e 2 , desde o ano de 2002. Trabalhou como supervisora pedagógica na Escola Municipal Leon Renault- Brumadinho/MG (2013- 2016). Atualmente trabalha como professora da Educação Infantil na EMEI Nair das Graças Prado em Brumadinho/MG. Sejam bem vindos(as)!!!

quinta-feira, 5 de julho de 2012





PREFEITURA MUNICIPAL DE BRUMADINHO

SISTEMA MUNICIPAL DE ENSINO

SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO


PROJETO:

BRINQUEDOS E BRINCADEIRAS AO LONGO DO TEMPO
PEDAGOGA: GIOVÂNIA CÂNDIDA DE JESUS

Introdução

O mundo do lúdico é um mundo onde a criança está em constante exercício. É o mundo da fantasia, da imaginação, do faz de conta, do jogo e da brincadeira. Podemos dizer que o lúdico é um grande laboratório que merece toda atenção dos pais e educadores, pois é através dele que ocorrem experiências inteligentes e reflexivas, praticadas com emoção, prazer e seriedade. Através do brinquedo e das brincadeiras ocorre a descoberta de si mesmo e do outro, portanto, aprende-se. É no brincar que a criança está livre para criar e é através da criatividade que o indivíduo descobre seu eu. Segundo Platão: “Você aprende mais sobre uma pessoa em uma hora de brincadeira do que uma vida inteira de conversação.”

É através da brincadeira que a criança experimenta descobre, cria e exercita suas habilidades, tanto psicomotoras quanto cognitivas e afetivas, através da atividade lúdica que ela estimula a curiosidade, a iniciativa e a autoconfiança, proporcionando aprendizagem, desenvolvimento da linguagem do pensamento,

da concentração e da atenção.

Justificativa


O brincar faz parte do universo infantil, porque a criança é naturalmente lúdica. Por isso, desenvolver um trabalho na escola com jogos e brincadeiras favorece a aprendizagem, porque é uma estratégica muito bem aceita pelos alunos. É uma estratégia que leva o aluno a enfrentar situações conflitantes relacionadas com o seu cotidiano escolar e social, pois favorecem a formação da personalidade, desenvolvem a interação, a imitação, a atenção, a memória, a imaginação e a socialização. O lúdico é um instrumento facilitador para a construção do conhecimento do aluno.

Acreditamos que o brinquedo e a brincadeira são ingredientes vitais para uma infância sadia e para um aprendizado significativo, já que o brincar estimula o desenvolvimento intelectual da criança, como também ensina os hábitos necessários ao seu crescimento. Assim, proporcionar as crianças momentos de convivência saudável, amiga, criativa e construtiva é de suma importância, pois através da brincadeira a criança atribui sentido ao seu mundo, se apropria de conhecimentos que a ajudarão a agir sobre o meio em que ela se encontra, reconhecendo a cultura brasileira, resgatando brincadeiras, jogos e cantigas de roda.

Nosso trabalho será permeado pelo lúdico, envolvendo as crianças em atividades com jogos, brinquedos e brincadeiras, levando a criança a experimentar, descobrir, criar e exercitar suas habilidades, tanto psicomotoras quanto cognitivas e afetivas, pois é através da atividade lúdica que ela estimula a curiosidade, a iniciativa e a autoconfiança, proporcionando aprendizagem, desenvolvimento da linguagem do pensamento,da concentração e da atenção.

Esse projeto nasceu a partir de observações do comportamento das crianças ao manusearem os jogos confeccionados da apostila da Oficina: “O jogo e a arte como recursos pedagógicos no contexto da Educação”apresentada no IV Congresso de Educação,direcionados à faixa etária atendida na EMEI Conceição de Itaguá (0 a 3 anos).As crianças tiveram muito interesse em participar dos jogos. A partir daí começamos dar mais ênfase nas atividades lúdicas, buscando desenvolver nas crianças a sensibilidade, a percepção, a observação, a criatividade a a auto estima. Utilizando jogos e brincadeiras para trabalhar os conteúdos e conceitos de forma lúdica, permitindo a fantasia, momentos esses que as crianças curtem e gostam, fazendo com que a aprendizagem aconteça de uma forma muito mais prazerosa.No entanto,devido toda importância que o lúdico tem é que se sente a necessidade de trabalhar em sala de aula. E que realmente façam parte do cotidiano do trabalho da Educação Infantil.

Iremos iniciar com o livro: BRINQUEDOS de André Neves.

v No 1º momento apresentaremos a história no slide.

v No 2º momento apresentaremos o livro em caixa surpresa, para as crianças manusearem e fazerem a leitura das imagens.

OBJETIVO GERAL:
v Desenvolver um trabalho interdisciplinar de maneira prazerosa partindo da construção de brinquedos com diversos materiais, resgatando culturalmente alguns brinquedos e brincadeiras esquecidos.
OBJETIVOS ESPECÍFICOS:
v Aumentar o repertório de brincadeiras infantil,
v Participar de situações de socialização,
v Participar de jogos que sejam trabalhadas regras em grupo,
v Construção de brinquedos com sucatas,
v Registrar de diferentes formas o brincar.
v Ampliar as possibilidades expressivas nas brincadeiras, jogos e demais situações de interação.
v Explorar e identificar elementos da musica para se expressar, interagir com outros.
v Produzir trabalhos de arte utilizando a linguagem do desenho, da pintura, da colagem e da construção.
v Participar de variadas situações de comunicação oral.
v Participar de diversas situações de intercambio social.
v Estabelecer algumas relações entre o modo de vida característico de seu grupo social e de outros grupos;
v Participar de diversas situações de intercambio social.
v Resgatar o brincar espontâneo como elemento essencial para o desenvolvimento integral da criança, de sua criatividade e socialização, mantendo viva as tradições e a cultura dos povos traduzidos nos brinquedos e nas brincadeiras populares.
v Ampliar a comunicação e expressão através de músicas e de jogos orais.
v Explorar e identificar elementos da música para se expressar, interagir com outros.
v Criar e inventar outras cantigas de roda.
v Estimular a comunicação e expressão através de jogos e brincadeiras, desenvolvendo o pensamento, a criatividade a imaginação a percepção.
v Realizar trabalhos criativos e interessantes.
v Desenvolver a curiosidade pela linguagem escrita através de brincadeiras e jogos orais;
v Criar situações lúdicas de aprendizagem significativa em relação aos brinquedos e brincadeiras populares.
v Estimular a oralidade para conversar e brincar.
v Desenvolver o raciocínio lógico, respeitando a etapa do desenvolvimento individual de cada criança.
v Comunicar idéias matemáticas, hipóteses, processos utilizados e resultados encontrados em situações problema;
v Identificar as noções de tempo (dia, semana, mês, ano, ontem, hoje amanhã);
v Analisar, interpretar e construir gráficos e tabelas.1 – LÍNGUA PORTUGUESA (Linguagem Oral e Escrita):
Ø Uso da linguagem oral para conversar e brincar.
Ø Observação e manuseio de materiais impressos como livro e revistas.
Ø Valorização da leitura como fonte de prazer e entretenimento.
Ø Participação em situações cotidianas nas quais se faz necessário o uso da escrita.
Ø Pesquisa junto às famílias sobre as brincadeiras da infância.
Ø Selecionar alguns brinquedos que possam ser construídos pelas crianças.(bilboquê, peteca, vai e vem, pião, cavalo de pau, e outros.).
Ø Coletar algumas sucatas para confecção dos brinquedos.
Conteúdos conceituais:
Ø Alfabeto das brincadeiras;
Ø Nome dos brinquedos e brincadeiras;
Ø Comunicação verbal e oral
Ø Identidade;
Ø Brincadeiras cantadas;
Ø Textos informativos e instrucionais (regras)
Conteúdos procedimentais:
Ø Conversas informais – rodinha de conversa (sobre os brinquedos e sua utilização);
Ø Panfletos – anúncios – brinquedos que gostaria de ter;
Ø Lista de brinquedos e brincadeiras preferidos pelos pais e alunos – No meu tempo de criança ...;
Ø Letras de cantigas de roda;
Ø Parlendas, rimas, adivinhas;
Ø Trabalhar histórias: Folclorices de BRINCAR,TANTO,TANTO! Anita Bocadura e outras;
Ø Dramatizações;
Ø Declamação de poesias – O saco de brinquedos (Carlos Urbim),
A boneca (Olavo Bilac);
Ø Músicas: A boneca (Xuxa) e outras;
Ø Sacolinha surpresa com brinquedos (cada semana uma criança é responsável por trazer um brinquedo e as demais deverão adivinhar através das pistas);
Ø Escrever junto com as crianças regras de algumas brincadeiras (texto coletivo).
Ø Assistir os DVDs Toy Store 1 e 2, A loja Mágica de Brinquedos e outros.
Ø Construção de livro de brinquedos coletivo ou individual;
Ø Construção de livro de brincadeiras coletivo ou individual;
Ø Coletânea de jogos e brincadeiras com as regras e ilustrações ;
Ø Bilhete – Cole o bilhete (no caderno de recados) comunicando o dia do brinquedo. (portador de texto);
Ø Receita da massinha de modelar;
Ø Brincadeiras com cantigas de roda;
Ø Rodas de conversa (Quais os brinquedos preferidos?)
(Qual a brincadeira preferida?).
Ø Listar os brinquedos em cartaz.
Ø Listar as brincadeiras e escolher algumas para brincar.
Ø Alfabeto;
Ø Cartaz com os brinquedos e brincadeiras preferidas da turma;
Ø Trabalhar crachás com o nome e a foto dos alunos;
Ø Produção de texto (coletiva);
Ø Criar brinquedos e brincadeiras;
Ø Convidar pais/avós para contar como era os brinquedos e as brincadeiras antigas;
Ø Comparação de brinquedos antigos e atuais.
Conteúdos atitudinais:
O gosto e o prazer pela leitura e escrita; interação e cumplicidade com o mundo da leitura e escrita, cooperação.

2 - MATEMÁTICA:
Conteúdos conceituais:
Ø Números e sua função social;
Ø Espaço e forma;
Ø Grandezas e medidas;
Ø Formas geométricas;
Ø Classificação, comparação e seriação.
Conteúdos procedimentais:
Ø Brincadeira dos números vizinhos (sucessor e antecessor);
Ø Brincadeira de pesca com peixinhos numerados;
Ø Sequencia numérica através de brincadeiras como Amarelinha, Caracol, Senhor rato está? e outros;
Ø Montagem de gráficos a partir de determinada situação ou contexto trabalhado em sala de aula.
Ø Exploração de diferentes procedimentos para comparação de grandezas (maior, menor, alto, baixo etc)
Ø Confecção de jogo da memória, bingo, dominó dos números e quantidades, boliche, quebra-cabeça, jogo das argolas, jogo de palitos (churrasco);
Ø Classificar os brinquedos por tamanho, tipo de brinquedo etc.
Ø Organização de album de figurinhas, coleções;
Ø Comparação de brinquedos antigos e brinquedos modernos;
Ø Formar figuras geométricas com a brincadeira do elástico
Ø Brincadeira Quente-frio com brinquedos.

Conteúdos atitudinais:
Vivência, exploração, interesse.
3 – NATUREZA E SOCIEDADE:
Conteúdos conceituais:
Ø História dos brinquedos;
Ø Brinquedos e brincadeiras dos pais;
Ø Brinquedos da zona rural e zona urbana;
Ø Brinquedos artesanais e brinquedos produzidos por industrias;
Ø Brincadeiras de todos os tempos;
Ø Brincadeiras tradicionais;
Ø Linha do tempo;
Ø Parque de diversões (Exposição);

Conteúdos procedimentais:
Ø Visitar uma loja de brinquedos;
Ø Mostrar através de figuras ou painéis como eram as cidades antes e como estão hoje.
Ø Pesquisa com os pais de brincadeiras e brinquedos que digam respeito às tradições culturais de sua comunidade e de outros grupos;
Ø Pesquisa junto às famílias sobre as brincadeiras da infância.
Ø Pesquisa em livros e na internet sobre a origem de alguns dos brinquedos e brincadeiras.;
Ø Criar um mascote de pelúcia por turma;
Ø Montagem de uma brinquedoteca.
Ø Dia do Brinquedo.
Ø Brincar e dividir o brinquedo com outras turmas
Conteúdos atitudinais:
socialização, interesse, compartilhar descobertas.
4 – MÚSICA:

Conteúdos conceituais:
Ø Som, ritmos;
Ø Percepção;
Ø Produção musical;
Ø Interpretação;
Ø Cantigas de Roda.


Conteúdos procedimentais:
Ø Brincadeiras cantadas – Se eu fosse um peixinho, Tororó, Passa–passa cavaleiro, Eu sou pobre pobre, Ciranda cirandinha, A canoa virou, Terezinha de Jesus, O cravo brigou com a rosa, Tango-Tango,, Caranguejo não é peixe, Escravos de Jó e outras;
Ø Confecção de instrumentos musicais com sucata;
Ø Karaokê;
Ø Paródias, rimas;
Ø Gestos, mímicas;
Ø Concurso de dança;
Ø Músicas ouvidas e cantadas (anexo 1);
Ø Brincadeira Dicionário musical: escolhe-se algumas músicas, conhecida das crianças, uma a uma as músicas são tocadas e se faz uma parada a criança deverá continuar cantando a música onde esta parou.
Ø Organizar um pequeno livro com as cantigas de roda;
Ø Confeccção de cartazes com as músicas tradicionais.

Conteúdos Atitudinais:
apreciação, sensibilidade, imaginação, criação
5 – ARTE:

Conteúdos conceituais:
Ø Linha, forma, cor, textura, espessura;
Ø Percepção visual.

Conteúdos procedimentais:
Ø Confecção de brinquedos utilizando materiais recicláveis (bilboquê, peteca, vai e vem, pião, cavalo de pau, bola de meia e outros.).
Ø Brincar com brinquedos de sua própria construção;
Ø Oficinas de brincadeiras;
Ø Brincadeiras com sombras – formas de bichinhos com as mãos, um tenta pisar na sombra do outro; também pode usar o retroprojetor para fazer atividades com sombras – teatro de sombras na sala de aula;
Ø Brincadeiras Bolha de sabão coloridas – papel na parede (pardo) acertar as bolhas coloridas para pintar a mesma formando desenhos.
Ø Confecção de um quadro (tela) Brinquedo ou brincadeira preferido;
Ø Produção de massinha de modelar;
Ø Confecção de cartazes com os jogos, brincadeiras que as crianças conhecem;
Ø Vestir as roupinhas nos bonequinhos (apostila de jogos);
Ø Desenhar os brinquedos que há na sua escola.
Conteúdos atitudinais:
Cuidado e respeito pelo processo de produção e criação.6 – MOVIMENTO:
Conteúdos conceituais:
Ø Velocidade, direção, equilíbrio, orientação espacial e temporal, expressão corporal, agilidade, percepção; regras, flexibilidade, coordenação, atenção, lateralidade, locomoção.

Conteúdos procedimentais:
Ø Utilização expressiva intencional do movimento nas situações cotidianas e em suas brincadeiras.
Ø Percepção de estruturas rítmicas para expressar-se corporalmente por meio de brincadeiras.
Ø Brincadeiras com diversos materiais: bola, bambolês, corda, sucatas;
Ø Brincadeiras de faz de conta (jogo simbólico);
Ø Brincadeiras tradicionais – corrida do saco, corrida de ovos, pescaria, arremesso de bolas, boca do palhaço, dança da cadeira, corre cutia,etc;
Ø Gincana;
Ø Brincar espontaneamente.

Conteúdos atitudinais:
Interação, participação, autoestima, respeito
PRODUTO FINAL:
v Exposição para os pais dos desenhos, pinturas e brinquedos confeccionados.
v Livro de brincadeiras.
v Exposição dos cadernos e portfólio com as brincadeiras e atividades trabalhadas.
v Um cartaz com brincadeiras/brinquedos preferidos da turma e gráfico.
v Gravação de um CD com cantigas de roda.
AVALIAÇÃO: Ocorrerá em todos os momentos através da observação e registros realizados pelas professoras, portfólio, da participação dos alunos nas atividades propostas, interesse e tambémmudanças de atitude quanto a incorporação de valores,grau de motivação e entusiasmo.
CULMINÂNCIA:
v Exposição dos trabalhos produzidos pelas crianças;
v Exposição de fotos;
v Arrecadação de brinquedos para o dia das crianças.
* Este projeto será apresentado na mostra Cultural e terá culminância na caminhada da Cidadania, podendo ser trabalhado até o final do ano.

Abertura do projeto brinquedos e brincadeiras.

Iniciamos aguçando a curiosidade dos alunos, com um baú de surpresas.


  • De dentro do baú foram surgindo vários objetos...

  • chapéu

  • Boneca de pano.

  • Palhacinho .

  • E o livro "Brinquedos" de André Neves.

Os alunos ficaram atentos às imagens e foram interagindo com a história.







Depois de conhecer a história, organizamos a apresentação da mesma, através de um Projetor Multimídia/Data Show.


Os alunos ficaram fascinados com as imagens.


Nós fomos aproveitando para explorar um pouco mais da obra.








Apresentação Artística.

Música: A Bonequinha (Xuxa).

Eu tenho uma bonequinha sim

Ela veio de Paris pra mim


Ela tem um lindo chapéu

E também um amor de véu



Eu ponho ela em pé não cai


Ela diz mamãe papai (mamãe, papai)


Mas um dia sem razão

Escorregou e caiu no chão

Quebrou o narizinho dela

E também o dedinho do pé


Eu levei ela no doutor

Que sabia curar sem dor





A bonequinha chorou, chorou

E eu também chorei, chorei


Só depois que ela sarou

Eu brinquei, brinquei, brinquei...







Brincando na cama elástica








Lanche especial






Pintura de rosto.












O brincar é o caminho da aprendizagem na infância e nós, professores, devemos ser
os primeiros profissionais na sociedade a reconhecer a brincadeira como um direito da
criança.
Trabalhar os desafios do cotidiano exige cada vez mais práticas reflexivas e críticas
em torno da realidade que nos cerca. Precisamos inovar sempre e também contemplarmos as possibilidades !!! A brincadeira auxilia o desenvolvimento da criança de forma tão intensa e marcante que a criança leva todo o conhecimento adquirido nesta fase para o resto de sua vida.

Professora Ivani Ferreira.











Um comentário: