Quem sou eu

Minha foto
Brumadinho, MG, Brazil
Ivani Ferreira é professora e blogueira . Possui graduação em Letras pela Faculdade Asa de Brumadinho (2006), Normal Superior pela Universidade Federal de Montes Claros(2005), especialização em Psicopedagogia pela Universidade Federal Castelo Branco (2007), Supervisão Pedagógica pela FINON (2008). Professora efetiva na rede Municipal de Brumadinho desde 2005, porém, atua na rede municipal com turmas da Educação Infantil , Ensino Fundamental 1 e 2 , desde o ano de 2002. Trabalhou como supervisora pedagógica na Escola Municipal Leon Renault- Brumadinho/MG (2013- 2016). Atualmente trabalha como professora da Educação Infantil na EMEI Nair das Graças Prado em Brumadinho/MG. Sejam bem vindos(as)!!!

domingo, 19 de junho de 2011

Brumadinho tem sua história....

     Venha conhecer Brumadinho!!!    
     Brumadinho é uma cidade Brasileira do estado de Minas Gerais, sua população é estimada em 34.013 habitantes.
       O nome Brumadinho, deve-se ao fato da cidade  está próxima ao Brumado Velho (atual conceição de Itaguá)  
, que por sua vez, foi assim denominada pelos bandeirantes por causa das brumas, comuns em toda a região montanhosa em que se situa o município, especialmente no período da manhã.

 
 
 

 
 

 
 
 
 

 
 
 
 

 

 

 
 

 
 

 

 

 

 
 

 
 
 
 
 
 
 

 

 

 

 

 

 
 

 

 
 
 

 
 

 




          A cidade cresceu ao redor da ferrovia, atual centro da cidade.


             Os desbravadores da região Espinhaço Meridional onde hoje se situa o município foram bandeirantes paulistas, chefiados por Fernão Dias Paes Leme, que fundaram inicialmente um núcleo de abastecimento da bandeira, pousos de repouso de tropas e lugar de levantamento dos mantimentos. De ponto de abastecimento de víveres, passou a pequeno arraial de mineradores.

              O desenvolvimento da cultura cafeeira e a possibilidade de se extrair e exportar minérios de ferro, abundantes na região, provocaram a construção do ramal do Paraopeba da Estrada de Ferro Central do Brasil, fazendo nascer e desenvolver o povoado, com a chegada de trabalhadores e imigrantes estrangeiros. Começou assim o povoado a tomar aspectos de uma pequena cidade, já com um pequeno comércio estabelecido, várias moradias e uma população fixa de tamanho razoável.

              O nome Brumadinho foi dado à Estação construída no lugar e tem origem na derivação do nome do povoado mais próximo, Brumado.



    Brumadinho possui a "maior fonte de água mineral do mundo"segundo o jornal o estado de minas, por encontrar-se na serra que divide Brumadinho e Mário Campos.


 A cidade  é marcada por suas festas religiosas, em especial a festa de São Sebastião, padroeiro da igreja Matriz





 
 
      
A tradicional banda de São Sebastião.


    A tradicional banda de São Sebastião foi fundada em 13 de maio de 1929 pelo Senhor Tarcilio Gomes da Costa a Corporação Musical Banda São Sebastião (C.M.B.S.S.), Sendo ela, mais antiga que a própria cidade de Brumadinho.

      Seu registro oficial porem só aconteceu em 30 de novembro de 1957, no Cartório do 1º Oficio de Notas.
      Tão querida pelos habitantes da cidade, a banda sempre esteve e continuará a estar presente nas principais comemorações e eventos do município, como: a festa de São Sebastião(20 de janeiro), padroeiro da banda e do município.

Não se pode deixar de mencionar a sua participação em todas as procissões da semana santa, emocionando a todos.

    Brumadinho hoje é "cidade sede" e tem como principal atração turística o Parque Ecológico Inhotim. Inhotim é um lugar em contínua transformação, onde a arte convive em relação única com a natureza. Situado em Brumadinho, a 60 km de Belo Horizonte (MG).
                              
                                 História de Brumadinho.

    O Município de Brumadinho está localizado na Zona Metalúrgica, no centro de importantes cenários da própria conquista de Minas Gerais. Os vales dos rios Pará, Paraopeba e das Velhas formavam, para bandeirantes paulistas, o "sertão das conquistas", além das serras da Mantiqueira e Espinhaço.
  Por uma curiosidade histórica, não acharam aqui, os bandeirantes, a sonhada Serra das Esmeraldas, fabuloso recanto natural que prometia incontáveis riquezas; mas, em compensação, seus descendentes ficaram situados dentro de uma das regiões mais ricas do mundo: o Quadrilátero Ferrífero.
  Em decorrência da Lei Federal nº 311, de 2 de março de 1938 – que reorganizou o quadro territorial da República -, o Governo de Minas Gerais baixou o Decreto-Lei nº 148, de 17 de dezembro de 1938, criando o Município de Brumadinho.    Portanto, nesse dia, comemora-se o aniversário da cidade. Em 1º de janeiro de 1939, na sede das Escolas Reunidas, houve uma Assembléia de moradores, com as autoridades nomeadas, e instalou-se o Município, que recebeu os foros de cidade.
  Antes de existir qualquer povoado no lugar onde está a cidade, as terras faziam parte do Distrito de Brumado do Paraopeba, pertencente ao Município de Bonfim. O nome de Conceição de Itaguá foi dado ao antigo Brumado do Paraopeba pela Lei Estadual nº 622, de 18 de setembro de 1914.
  Em 1923, pela Lei Estadual nº 843, de 07 de setembro, a sede do distrito passou para o povoado da Estação de Brumadinho, desaparecendo, como distrito, Conceição de Itaguá. Continuava, porém, o novo distrito de Brumadinho, pertencendo ao Município de Bonfim.
  Quando formou-se o novo Município, desligado de Bonfim, o mesmo decreto anexou-lhe os distrito de Aranha e São José do Paraopeba, saídos do Município de Itabirito e Piedade do Paraopeba, desmembrado do Município de Nova Lima.
Em 1953, Conceição de Itaguá volta a existir como distrito, pertencendo a Brumadinho (Lei Estadual nº 1039, de 12 de dezembro).
  Em 25 de maio de 1955, o Município foi elevado à categoria de Comarca Judiciária, coroando-se a sua maioridade. Antes, estava circunscrito na Comarca de Bonfim.
  A história de Brumadinho está dividida em duas fases distintas. A primeira, ainda no final do século 17 e início do século 18, com a ocupação do Vale do Paraopeba pelas bandeiras e entradas posteriores. Nessa fase, surgiram os povoados de São José do Paraopeba, Piedade do Paraopeba, Aranha e Brumado do Paraopeba. A segunda fase refere-se ao período de nascimento da cidade de Brumadinho propriamente dita, à época da construção do ramal do Paraopeba da Estrada de Ferro Central do Brasil, já no início do século 20.
  O primeiro prefeito do Brumadinho foi o Dr. Mário de Albergaria Santos, Engenheiro Civil e de Minas. Dirigiram o Município nos três últimos mandatos os prefeitos Candido Amabis Neto, Antônio do Carmo Neto e Candido Amabis Neto e Nery Braga.
  O nome "Brumadinho" deve-se ao fato do local estar próximo à antiga vila de Brumado Velho, que por sua vez teria sido assim denominada pelos bandeirantes por causa das brumas comuns em toda a região montanhosa em que se situa o município, especialmente no período da manhã.[carece de fontes?]
  Embora o município de Brumadinho seja atravessado pelas rodovias BR-381 (São Paulo-Belo Horizonte) e BR-040 (Rio de Janeiro-Belo Horizonte), o principal acesso à sede municipal a partir da capital é por uma estrada direta, através do município de Ibirité. Há uma curta divisa direta com o município da capital, mas localizada numa área montanhosa de difícil acesso.

Mais informações nos sites:

                  Curiosidades sobre a região  de Brumadinho:
 - apresenta o melhor clima da grande Belo Horizonte,
- possui a maior fonte de água mineral do mundo
- uma das atrações mais visitadas é a bela e histórica Fazenda Martins, com sua capela barroca, uma senzala e o pelourinho.
Quer mais? Além de ser a 8ª economia mineradora de Minas Gerais (Minas da MBR, Mannesmann e Vale do Rio Doce/Ferteco), o município é recordista mundial em produção de Cachaça Artesanal. Também foram pioneiros ao lançar a cachaça feminina "Segredo da Patriarca", além das "Brumado Velho", "Saideira" e "Boa Vitória.

Fontes:wwwcmdebrumadinho
Conversa com moradores
http://www.valedoparaopeba.blogspot.com/

Nenhum comentário:

Postar um comentário