Quem sou eu

Minha foto
Mineira,professora graduada em Normal Superior e Letras,posgraduada em psicopedagogia e supervisão escolar. Atualmente estou atuando como supervisora pedagógica , do maternal 3 ao 5º ano. Sejam bem vindos(as)!!!

segunda-feira, 27 de junho de 2011

Plano de aula: Animal doméstico/ cão

EMEI Conceição de Itaguá -2011
     Plano de aula /maternal 2
 Professora:Ivani Ferreira

Tema: Animal doméstico/cãozinho.

Os animais domésticos estão presentes no dia-a-dia da maioria das pessoas. O que poucos sabem é que essa relação é muito antiga. O primeiro animal a ser domesticado pelo homem foi o cão. Depois, vieram o boi, a cabra, o carneiro, o elefante, o gato, o cavalo e todos os outros que conhecemos atualmente. Além de fornecer alimentos, esses animais serviam de companhia e ajudavam os grupos humanos primitivos a sobreviver em segurança. Com o tempo, muitas espécies tornaram-se também "de estimação", conquistando o carinho  e a admiração de seus donos. Nesta semana vamos conhecer um pouco mais sobre o melhor amigo do homem, que é o cão.
Objetivos:
Ø Conhecer animal doméstico/cão.
Ø Observar as características de um caõzinho.
Ø Vivenciar a experiência de receber a  visita de   um cãozinho na escola.
2ª feira: Ler o livro “A Amizade custa pouco da autora  Gessy Carísio de Paula.

Amizade custa pouco e vale muito... É uma verdade! Mas somente para quem usa de boa vontade! Na casinha do cachorro, lá no fundo do quintal, veio esconder um gatinho com medo do temporal! O cãozinho não gostou da sua presença ali.
Rosnou, latiu, empurrou:- Já pode sair daqui!- A minha casa é pequena, não dá espaço pra dois! Onde já se viu combinarem cão e gato!... Ora, pois
O gatinho respondeu com um olhar lacrimoso: - Não faça isto comigo, o tempo está tão chuvoso! - Logo que tudo cessar, você fica... eu pulo o muro, muito embora já esteja ficando tudo tão escuro! - A noite cai bem depressa e os trovões estão tão fortes... Tenha paciência comigo, deixe-me ficar, não se importe!


 Está bem, disse o cãozinho, com um ar muito importante, mas chegue bem lá pro canto e que não seja implicante! E o tempo foi passando... passando... a chuva caía, caía... o vento assobiando e a enxurrada escorria...

Pela porta da casinha começou a penetrar. O cãozinho se molhando, começou a se afastar... ...mais para o fundo da casa, onde se encolheu o gatinho.
Este só olhou por baixo e continuou bem quietinho! Não tinham uma coberta, nem um trapo pra se embrulhar... O jeito era, na certa, se enroscarem pra esquentar! Vez por outra, o cãozinho abria um olho só, para ver como o gatinho tremia... Fazia dó! E a dona do cãozinho não teve nem condição de levar-lhe um agasalho ou um prato de refeição...


Acanhado, o cachorrinho foi-se chegando, chegando, ao canto onde o gatinho se encolhia, ronronando! Chegou bem humildemente e pedindo de mansinho: - Posso deitar-me aqui, ao seu lado, bem juntinho? - A chuva está tão fria e a casa toda molhada... Só restou este cantinho livre dessas poças d’água! - Venha, dou-lhe meu lugar, você é o dono da casa... Foi gentil me abrigando, logo esta chuva passa..
Na troca de gentilezas do gatinho pro cãozinho, abraçaram-se e dormiram bem juntinhos, bem quietinhos!


Amanheceu um sol lindo, sorrindo num novo dia. O gatinho espreguiçou-se e, devagarzinho, saía... Não queria acordar o cãozinho que dormia... Tão tranqüilo e sossegado... Depois agradeceria...


Ao chegar á porta, então, ouviu a voz do cãozinho: - Não se vá, fique comigo, sempre fui muito sozinho! Dividirei com você minha casa, meu cantinho, meu leite, meu cobertor, meu quintal, meu brinquedinho! O gatinho aceitou, mesmo por não ter morada... Ficava só pelos muros ou casas abandonadas!


Desde então, naquela casa, lá no fundo do quintal, ouviam-se só latidos misturados a “miaus”! Eram os dois amiguinhos, brincando de esconde-esconde, ou, fugindo pela grade, iam pro parque, bem longe! Depois voltavam alegres, caminhando lado a lado... O povo até parava ver o inusitado: Um cãozinho todo preto e um gato muito branquinho, amigos, vivendo juntos, sem rixas... bem alegrinhos! Este exemplo, meus amigos, vem dizer muito pra todos: “Vale mais uma amizade... Inimizade é para tolos!” Usou de boa vontade com Mimoso, o gatinho... Afirmando esta verdade, Totó, o negro cãozinho!

 
Fonte: retirada da internet

 

* Converse com as crianças sobre “cãozinho”. Este é o momento de envolvê-los no tema do qual, provavelmente, gostam muito:
Ø Quem tem um cãozinho em casa?
Ø Como ele se chama?
Ø Qual é a cor do caõzinho?
Ø O que ele come?

3ª feira:Brincando e Aprendendo.
 Música-CACHORRINHO ESTÁ LATINDO
Projeto: Cantando a gente Brinca
               Brincando a gente aprende.

Cachorrinho está latindo
Lá no fundo do quintal.
Cala a boca, cachorrinho,
Deixa o meu benzinho entrar.
Ô esquindô lê, lê!
Ô esquindô lê, lê, lá, lá!
Ô esquindô lê, lê!
Não sou eu que caio lá!
Cachorrinho está latindo
Lá no fundo do quintal.
Cala a boca, cachorrinho,
Deixa o meu benzinho entrar.

Brincadeira:

Quem está no centro da roda pula num pé só. O resto bate palmas, desenvolvendo o ritmo
PARTICIPANTES: No mínimo três.
ORGANIZAÇÃO: Em roda com uma criança no centro.
COMO BRINCAR: A turma gira e canta. No verso “Ô esquindô lê, lê!”, as crianças batem palmas. A do centro escolhe um colega. Os dois cantam essa parte pulando ora com um pé, ora com outro. A criança do centro cede o seu lugar para a escolhida da roda e todos recomeçam.
A Carrocinha 

A carrocinha pegou
Três cachorros de uma vez.

Tra lá lá
Que gente é esta,
Tra lá lá
Que gente má !

4ª feira:Filme “O Gigante Cão Vermelho”
Assistir ao filme Clifford o Gigante Cão Vermelho.
Sinópse: Clifford e seus amigos saem em uma viagem pelo país  e  entram em um concurso de talentos para ganhar um estoque vitalício de Tummy Yummies. Juntamente com novos amigos, incluindo Shackelford o High-Flying Ferret e Rodrigo Chihuahua de Aço, eles trabalham juntos para tornar uma apresentação ruim em um sucesso! Como sempre, o grande amor de Clifford faz  todos vitoriosos.
Após o filme conversar com os alunos sobre :
Ø Os personagens do filme;
Ø A cor  e tamanho do cão;
Ø O concurso/foram vitoriosos ou não?
5ª feira: Artes/dobradura do cãozinho.

6ª feira Surpresa!!!  A visita do cãozinho.

Reunir os alunos no pátio e prepará-los para receber o cãozinho. Falar dos carinhos e cuidados com os animais...não apertar...não chutar nem deixar cair.

Ø No decorrer da visita sentir a textura/pelo do cãozinho.
Ø Quantas patas ele tem?
Ø Qual a cor dele?
Ø Alguém tem um cãozinho em casa?


Nenhum comentário:

Postar um comentário